Nova Bike na garagem...Specialized Flat Road Bar

Já dizia um amigo do fórum PEDAL: "Bike é quadro, o resto é componente!" Com base nesse mantra, pesquisei muito sobre o novo quadro da minha próxima bike. Muitos já sabem que não posso mais pedalar em trilhas, devido à minha cirurgia no ombro, e assim decidi somente pedalar em asfalto.


Como a base da bike seriam peças que estavam montadas na bike anterior, a FIRST
resolvi fazer algumas pequenas mudanças na bike. Uma delas é comprar um movimento central mais longo, a fim de acomodar o pedivela misto Shimano, com 28/38/48 dentes e deixa-lo mais longe do quadro, evitando o chainsuck, como aconteceu no quadro. Foi difícil de achar, mas consegui comprar um movimento central Shimano, na loja BRASA BIKE, na medida que eu precisa: 127,5mm. Não achei no mercado (inclusive no exterior) nenhum Shimano com essa medida, mas tive a felicidade de achar o meu. Provavelmente é um lote antigo, por se tratar de um movimento central de eixo quadrado, já ultrapassado.

Essa medida de movimento central foi fundamental para que eu conseguisse finalmente regular direito o câmbio dianteiro Shimano Alivio, para ficar bem justo aos dentes da coroa maior, de 48 dentes

Outra substituição foi a do guidão: Na bike anterior, usei uma fórmula que achei na internet, que regula a largura do guidão com ombro do biker, mas tambem descobri que essa medida era furada, porque mesmo com um guidão da largura de seu ombro, a bike fica um pouco difícil de controlar com um guidão muito estreito.




Decidi então substituir o guidão e mesa por um conjunto mais adequado. Saem guidão 600mm com mesa 25.4...
E entra um guidão Venzo 31.8 com avanço Shimano Pro 31.8 de 80mm...
Além disso, a mudança mais importante estava no sistema de marchas. Como estou utilizando cubos de rosca e catraca de 7 velocidades (pois cubos de rosca e rolamento tem uma durabilidade melhor, na minha opinião) a melhor gama de catraca que eu consegui achar foi 28-14 dentes. Aliado com o pedivela 48/38/28, achei que a relaçao ficou um tanto pesada, principalmente nas grandes subidas que temos na minha região. Pesquisei muito sobre o Megarange da Shimano, que me dava um grande salto para 34 dentes, mas à principio fiquei com medo da regulagem do câmbio Sora de cage curto. Mas depois de algumas adaptações e testes, o conjunto foi aprovado.
Bom, sobre o quadro... Eu sempre fui fan da marca SPECIALIZED, desde a minha primeira Hardrock 2011 aro 29". Essa bike era ótima, subia muito bem, era estável, macia e muito robusta. Escolhi o seu quadro 21" para dar agilidade à bike, o que era compensado com um canote Thomson de 410mm. Mas as medidas de Top Tube, real e efetivo eram perfeitas. Desta forma, começei a procurar na Net um quadro Specialized Hardrock, porém do tamanho XXL (23") pois para uma bike hibrida, não vou precisar que o quadro seja muito racing.
 E no final de Outubro tive a felicidade de encontrar no Mercado Livre o quadro que eu queria. Não precisei fazer muitas perguntas, visto que eu já conhecia muito bem a geometria das Hardrock. Mas antes de montar, resolvi chegar as medidas da bike original, para não montar e forçar demais o quadro.
 

Percebi que a frente das Hardrock é bem alta, mesmo com uma suspensão de 80mm. Para deixar a bike com a altura ideal, precisa de um garfo com uma medida Eixo-Coroa de, no mínimo 420mm, que aliado à roda de 270" (630mm), maior do que a original roda 29" (622mm) fariam com que todas as medidas originais da bike fossem mantidas. Dessa forma tive também que trocar o garfo, por um Mosso PRO M3.
Sendo assim, respeitei todas as medidas originais, para evitar danos ao quadro, que possui garantia eterna ao primeira comprador, desde que se respeite a geometria original da bike montada. Foi só anotar os dados do quadro e fazer o cadastro no site da Specialized para registro.

Outro item que tive que substituir foram os pneus. Como estou utilizando aros 27", no Brasil, existem dois fabricantes que ainda produzem essa medida. A Pirelli e a Kenda, ambas próprias para as antigas Caloi 10 e derivadas, com pressão máxima de 60 PSI, o que facilita em muito os furos, devido à baixa pressão.  Mas consegui importar um par de Continental Sport Ultra Sport, com pressão máxima de 120 PSI. São muito macios e rodam muito bem. E até agora não furaram (Mas estou usando Mr.Tuffi na roda traseira)

Segue abaixo as fotos da máquina montada...
Detalhe do sistema POST MOUNT do garfo Mosso...
E detalhe do Canote Shimano Pró Koriak...

Espero permanecer na família Specialized por muito tempo....

2 comentários:

  1. Adorei ver você voltar a escrever no Blog...
    não esquece que tem a Shimano Fest (www.shimanofest.com.br)
    agora em Sorocaba-SP dias 21,22,23 de novembro...
    pelo menos dá para verificar as novidades do mercado, fornecedores,
    acessórios, rever os amigos... já que está colocando os componentes
    no seu quadro novo... llllooolllll

    cicloabraços
    joaozinho

    ResponderExcluir
  2. telasmosquiteira-sp.com.br

    telas mosquiteiras sp
    telas mosquiteira sp

    As telas mosquiteiras sp , telas mosquiteiro sp garantem ar puro por toda casa livrando-a completamente dos mosquitos e insetos indesejáveis. As telas mosquiteira garantem um sono tranquilo a toda família, livrando e protegendo-nas dos mais diversos insetos. Muitos destes insetos são transmissores de doenças e a tela mosquiteira é indispensável no combate a mosquitos transmissores de doenças.
    s
    A dengue, por exemplo, já matou centenas de pessoas só na capital de São Paulo e um pequeno investimento em nossas telas mosquiteiras podem salvar vidas. As telas mosquiteiras também impedem a entrada de insetos peçonhentos como as aranhas e os escorpiões, estes insetos também oferecem risco, pois seu veneno em poucos minutos podem levar uma criança a morte.
    telas mosquiteira jundiai
    telas mosquiteiro jundiai
    telas mosquiteira São Paulo
    telas mosquiteiro São Paulo
    telas mosquiteiras sp
    telas mosquiteiras Jundiai
    telas mosquiteira sp
    telas mosquiteiro Jundiai
    telas mosquiteira sao paulo
    telas mosquiteiro sao paulo

    A chegada da temporada Primavera/Verão traz consigo a elevação da temperatura e a maior ocorrência de chuvas. Mas não é só isso. As estações mais quentes do ano causam muita dor de cabeça e muitos zumbidos indesejáveis em função das pragas urbanas – pernilongos, baratas, cupins e outros insetos -, que afetam todas as regiões brasileiras.

    Nossa missão é oferecer telas mosquiteiras de qualidade a um preço acessível, fazendo com que as telas mosquiteiras sejam uma opção viável para muitas pessoas.

    telas mosquiteiras Jundiaí
    telas mosquiteiro Jundiai
    telas mosquiteiras jundiai
    telas mosquiteiro industria
    telas mosquiteira restaurante
    telas mosquiteiro restaurante
    telas mosquiteira empresa
    telas mosquiteiro empresa

    ResponderExcluir