Reforma Geral - Caloi 10 - Parte II

   Bom, é inacreditável quando, mesmo com bastante vontade, conhecimento e ferramental, quando iniciamos num projeto, seja lá qual for, se não tivermos planejamento, sempre teremos algum problema. Para restaurar, ou remontar uma bike, não é diferente. 

   Primeiramente, estou esbarrando em alguns problemas: Falta de tempo: Gostaria de ter pelo menos 2 dias inteiros para mexer na bike, mas, nessa época do ano (Dezembro), é praticamente impossível ter o luxo de ter 2 dias sem nenhum compromisso. O segundo problema é o espaço: Hoje, o meu apartamento simplesmente não tem espaço suficiente para que eu consiga mexer na bike, pelo menos às noites (na hora da novela...kkk), então a bike fica na casa do meu pai. Sendo assim, o pouco tempo que resta é aos finais de semana, sempre dividindo o espaço com a família.

   Outro ponto interessante (ou estressante) em remontar uma bike, mesclando o vintage com o moderno, é que nem sempre, as peças escolhidas são compatíveis entre sí. Não só tecnicamente, mas também estéticamente. Nem sempre o que funciona na nossa cabeça, vai funcionar na prática. Mas, mesmo assim, o projeto continua (aos trancos e barrancos)

   Nessa situação de conseguir mesclar as peças e tecnologias, a primeira dificuldade foram os freios. Não queria utilizar as ferraduras originais da Caloi 10, porque elas possuem aquelas presilhas, tanto na caixa de direção (dianteiro), quanto no canote de selim (traseiro). Essas presilhas são suportes dos conduítes, usados antigamente. Sinceramente, além de anti-estéticos, mecanicamente são ruins de serem usados, visto que desregulam com facilidade, pois são presos a partes móveis do quadro.

   Abaixo, algumas fotos do freio original (já reformado)
   O sistema utilizado pela Dia-Compe é bom, mas queria algo mais moderno, porém sem ser caro. Medi o "Brake Range", que é a distância máxima mínima entre a lateral do aro até o parafuso do suporte do freio. A medida varia entre 57mm à 65mm. Daí foi fuçar na Internet e achar um freio compatível. Achei na loja www.ciclourbano.com.br (que por sinal tem um atendimento muito bom, entrega por bike-entregador no mesmo dia). Entregaram no meu trabalho, durante a semana. A marca, sinceramente não sei, mas me pareceu bom e leve, troquei as sapatas por umas Baradine, que estavam no Dia-Compe

    Precisei alargar um pouco a parte interna do quadro, utilizando uma broca 8mm para receber a porca interna de freio Road. Achei que ficou bem instalado, só foi um pouco difícil de regular, pois nunca tinha mexido com freios Road. 
  
Detalhe da fixação da porca interna
 
    Depois, me concentrei em montar o câmbio Nexus. Sinceramente achei um vídeo na internet que explica direitinho como montar e ajustar esse cubo de marchas interno. Simples e eficaz.
   O legal desse câmbio/Cubo é que dá para ajustar o "Click Box" em qualquer direção, facilitando assim a fixação do conduíte e o cabo, sem que o cabo fique solto ou faça curvas desnecessárias.
   Continuando com a mescla de peças "Vintage" com peças modernas, decidi instalar "quick release" na roda dianteira. Não queria mandar trocar os cubos, e então, por uma dica do meu amigo biker Fábio Tux, perambulei pelas bicicletarias de bairro, atrás de um eixo vazado para cubo de rolamento. Na primeira loja, já achei o kit original de Rodan, com o eixo e os rolamentos. R$25,00. A blocagem também foi recuperada de uma antiga Caloi MTB Atx






   O guidão recebeu bar-ends polidos da Zoom. Ergonômicos e leves. E sinceramente combinaram com o tema geral da bike.
  A bike já está com a corrente e montada. Agora está aguardando alguns acessórios que estão sendo reformados e outros que foram encomendados. Já rodou um pouco, mesmo sem freio dianteiro montado, e se mostrou ágil e confortável. Agora é só esperar para testar a bike de verdade. Ainda no cavalete de manutenção, mas por pouco tempo!!! Eu garanto!



Um comentário:

  1. Olá, parabéns pela bike, tive "a mesma idéia" e procurando "Caloi 10 Nexus 3" achei o blog. Pensei em colocar o freio Roller-brake Shimano Br-im45-r, próprio para o cubo. Obrigado pela inspiração!

    ResponderExcluir